sábado, 11 de julho de 2009

O nosso rei

Eu sei que alguns anos atrás eu não diria isso em hipótese alguma. Mas hoje, posso garantir que gosto de Roberto Carlos...aliás, algumas músicas fazem todo sentido. Por exemplo, para os pais, irmãos, amigos e namorado, não há nada melhor do que "Como é grande o meu amor por você", ela diz tudo!
Já nas horas que você começa a lembrar do que já fez, típico daqueles dias de domingo chuvoso, feitos para ver os ainda existentes álbuns de fotos, a pedida é a música "Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi", não é?
Ah, sim tem também aquela clássica que toca na maioria das formaturas: "É preciso saber viver", também é emocionante.
E pra não dizer que não falei do outro rei...também gosto de Michael. Nunca fui mega fã, aliás, não me lembro de ser alucinada por ninguém. Nem mesmo a fase retardada que adorava Back StreetBoys, era algo normal..acho.
Voltando ao rei do pop, ele foi muito importante pra história da música, mas sua piração-degradação me impede de admirá-lo...sei lá, é meio surreal uma pessoa virar algo que dava medo de olhar. Sem contar na tese de que ele tomava anestesia pra dormir, não vira, né.
Por isso, prefiro o Roberto, mesmo com o toc e aquele cabelo estranho...
Pensando nisso, será que todo rei é meio Sansão??? rs

2 comentários:

patipcbp disse...

Prefiro "Amor Perfeito" - embora quase tive um treco quando a transformaram num axé...rs.rs...

luis_grama disse...

Rei do POP é o melhor!!!!!!!! Não há ninguém no mundo que fez tanto sucesso, vendeu milhões e ajudou tantas pessoas. Ele foi e será o único na história. Roberto Carlos é um velho gaga. rs